24 de julho de 2010

A breve segunda vida de Bree Tanner - Stephenie Meyer

Livro: A breve segunda vida de Bree Tanner
Autor: Stephenie Meyer
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788598078809
Número de páginas: 192
Ano: 2010

Resumo:

Pela primeira vez Stephenie Meyer oferece aos fãs uma nova perspectiva do universo de Crepúsculo. Na voz de Bree Tanner, uma jovem vampira integrante do violento exército de recém-criados que assola a cidade de Seattle no terceiro volume da série, Eclipse, somos apresentados ao lado sombrio da saga.Bree vive nas trevas, sedenta por sangue. Não conhece sua verdadeira natureza e não pode confiar nos de sua espécie. Sua breve história acompanha a semana que antecede o confronto definitivo entre os recém-criados e os Cullen - a última semana de sua existência.

Comentários:

Neste livro vemos a saga de crepúsculo pela primeira vez de um ponto de vista de um personagem secundário, fora do grande núcleo de ação. A história é narrada por Bree (a vampira do exército dos vampiros recém- criados de Riley que faz uma breve participação no terceiro livro da saga: Eclipse) e ela conta como foi que o exército de Riley começou e como toda a trama se desenvolveu. Surpreendi-me com esse livro em dois aspectos.
O primeiro foi que quando li sobre ele minha primeira reação foi pensar quem é mesmo Bree Tanner ?? e depois de um tempo lembrei de sua passagem no livro eclipse. Fiquei meio receosa sobre o livro, mas após ler muitas resenhas e ir ao evento de lançamento eu realmente fiquei curiosa com a história . O livro não possui divisão por capítulos, assim a leitura corre super rápida e fácil e a cada página nos apegamos mais a personagem, e a Bree que antes era ninguém ganha uma grandiosidade na história que não é esperada e mesmo sabendo o seu final (para aqueles que já leram eclipse) nos vemos torcendo para que este seja diferente.
Outro ponto que me surpreendeu, é que esperava outra coisa sobre esse "novo ponto de vista", achei que como ela iria contar a história de um vampiro não vegetariano esperava algo mais parecido com os vampiros tradicionais, o que não acontece. Mas isso não tira o mérito do livro e eu o recomendo para todos aqueles que acompanham e gostaram da saga de crepúsculo.

5 comentários:

  1. Eu me surpreendi com esse livro e acabei gostando muito. Por mim a Bella morria e a Bree virava protagonista. kkkk

    A Bella estraga tudo. =P

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Daniele.
    Obrigada pela resenha!
    Não tinha visto ainda.
    Mas fiquei com uma dúvida. Como assim a vida de um vampiro não vegetariano não é como a de um vampiro tradicional?
    Beijos,
    Vanessa Sagossi,
    comentandoofilme.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Vanessa obrigada pelo comentário :) :) , então, tirando a alimentação a vida dos dois tipos é basicamente a mesma, mas a Stephenie humaniza bem os vampiros vegetarianos, e os que não são, geralmente são os vilões e era mais ou menos isso que eu esperava, o ponte de vista de um vampiro que fosse mal, rss. Bjsss

    ResponderExcluir
  4. Esse livro é muito interessante, pudesse alguns personagens sair de um livro que mal apareceram e contarem sua versão, em outros livros seria o máximo não??? Beijos;)

    ResponderExcluir