14 de maio de 2012

Quando ela se foi - Harlan Coben


Livro: Quando ela se foi
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro
Ano: 2011

Sinopse:
Dez anos atrás, Myron Bolitar e Terese Collins fugiram juntos para uma ilha. Durante três semanas, eles se entregaram um ao outro sem pensar no amanhã. Depois disso, eles se reencontraram apenas uma vez, quando Terese ajudou Myron a salvar seu filho. E ela foi embora, sem deixar vestígios.Agora, no meio da madrugada,ela telefona:“Venha para Paris.” Terese pede a ajuda de Myron para localizar o ex-marido, Rick Collins, que telefonara depois de anos implorando que ela o encontrasse em Paris. Eles logo descobrem que Rick foi assassinado e queTerese é a principal suspeita do crime. Mas algo ainda mais atordoante é revelado: perto do corpo havia longos fios de cabelo louros e uma mancha de sangue que o exame de DNA revelou pertencer à filha do casal. Só que sua única filha morrera em um acidente de carro muitos anos antes. Logo Myron se vê perseguido nas ruas de Paris e de Londres. As agências de segurança de quatro países parecem querer as mesmas informações de que ele precisa para desvendar a morte de Rick e o destino da filha que Terese pensava ter perdido para sempre. Em uma busca desesperada, Harlan Coben cria um mundo de armadilhas imprevisíveis em que conflitos religiosos, política internacional e pesquisas genéticas se mesclam a amizade, perdão e a chance de um novo começo.

Comentários: 
Quando ela se foi é um livro que me agradou. 
Posso dizer que esse livro apresenta um suspense mais suave, a história flui bem, mas os momentos de tensão possuem uma pitada de humor que torna tudo mais leve. O último (e único) livro que li do Harlan Coben foi Cilada que apresenta uma história com um fluxo de narrativa mais sério, com momentos de tensão e suspense (veja a resenha aqui), e com essa imagem comecei a ler o “Quando ela se foi” e tive uma surpresa que me causou estranheza mas logo acabou me agradando, a narrativa tem um outro embasamento, sim o suspense e os momentos de tensão são mantidos mas com toques de humor que mostram um outro lado dos livros de suspense. 
O livro conta a história de Myron Bolitar, um ex jogador de basquetebol que é um tanto impulsivo e descobre que Teresa com quem teve um caso rápido (bem rápido) no passado esta precisando da sua ajuda e com isso ele e seus amigos irão  acabar se envolvendo em uma trama com elementos muito maiores  do que os dramas de uma mulher.
Não quis me estender muito na sinopse para que cada parte da trama seja descoberta conforme a leitura flui. Depois que me acostumei com essa nova narrativa o livro acabou ganhando um espaço muito bom, a narrativa é em primeira pessoa, mas isso foi o que deu um diferencial a toda história, pois tudo é narrado por Bolitar e ele possui um humor e um sarcasmo que ganha a história inteira sem contar os personagens que mesmo sendo secundários roubam a cena em vários momentos como Win e Esperanza, amigos de Bolitar com passados bem diferentes e que possuem personalidades marcantes. A única coisa que me chamou a atenção é que mesmo tendo um romance, a personagem feminina, Terese não possui muito espaço na trama, mas como os outros são cativantes acabei não sentindo muita falta. 



3 comentários:

  1. Eu gosto muito das histórias deste autor, mas ainda não li este livro.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rose, também gosto muito dele, apesar de só ter lido esse livro e Cilada, mas tenho alguns aqui na fila dos "ainda vou ler" rs.

      Excluir
  2. eu comecei ler esse livro hoje , e ja estou na pagina 60 , um livro bem interessante , que quanto mais voce le , mais quer sabr .

    ResponderExcluir