18 de março de 2013

[Série] Castle – Primeira Temporada





Título Original: Castle
Temporada: 1
Ano: 2009
Criador: Andrew W. Marlowe
Emissora: ABC
Episódios: 10
Avaliação: 3,5/5





Comentários:
Tinha o hábito de assistir episódios esporádicos de Castle, aí decidi tomar vergonha na cara e acompanhar a série linearmente, e digo que foi muito bom. 
Castle tem as características de uma série policial, que possibilita o fato de poder assistir os episódios de forma aleatória sem se sentir perdido, mas poder perceber a evolução dos personagens e a interação entre eles melhorou muito meu conceito sobre a série. 
Castle (Nathan Fillion) é um autor de romances policiais best sellers que acaba de terminar uma série de seus livros e procura inspiração para um novo personagem, no meio dessa crise criativa Castle é procurado pela detetive Kate Beckett (Stana Katic) para ajudar como consultor em um caso. Após isso ele decide que vai acompanhá-la para poder usá-la como inspiração para a nova heroína de livros. 

A série se baseia basicamente no relacionamento entre Castle e Beckett, e isso é uma das coisas que mais gosto, além de serem quase totalmente opostos, enquanto Castle é irresponsável, imaturo e quase sem limites Beckett já é uma policial durona, ligada a todas as suas responsabilidades e deveres. A tensão entre os dois é nítida, e muito bem explorada gerando momentos muito divertidos. Há apenas uma coisa com a qual não fiquei inteiramente “incomodada” mas acho que é algo que me chamou a atenção: o fato de Castle muitas vezes ter uma visão do crime mais ampla que Beckett, passar de ser uma ajuda nos casos e se tornar quem realmente resolve as questões, achei isso um pouco inverossímil, já que por mais que ele tenha uma mente criativa e muito estudo em criminalística para escrever seus livros Beckett ainda é uma profissional supercompetente, e isso é um pouco subestimado, mas nada que atrapalhe o andamento da série. 
A série também é muito bem aproveitada em seus personagens secundários, tanto os auxiliares de Beckett como a mãe e a filha de Castle, todos eles possuem suas personalidades muito bem trabalhadas (principalmente a família do autor). 

Os crimes tratados são “criativos”, sempre há um diferencial ou algo que o torne fora do padrão, e os episódios tem seu forte nas inúmeras reviravoltas que ocorrem durante a investigação. 
A série já tinha me ganhado pelos episódios soltos, mas agora vendo a temporada completa posso afirmar que irei acompanhar todas as próximas (até o momento já possuem 4 completas e a 5 está em evolução). 
Recomendo muito para aqueles que gostam de uma boa série investigativa que possui mais leveza, menos seriedade que as tradicionais, mas mesmo assim não deixa nada a dever na parte investigativa. 
Ps1: Durante os episódios Castle tem o costume de jogar catas com outros grandes autores de livros policiais e qual foi minha surpresa ao ver uma referencia a James Patterson, que é um dos integrantes do jogo. 
Ps2: os livros que Castle escreve baseados em Beckett, com a personagem Nikki Heat existem, por enquanto são quatro volumes que são “escritos” por Castle. 

4 comentários:

  1. AMO. ADORO. VENERO!
    Castle é o tipo de série que vai do drama à comédia sem ficar forçado. e apesar de achar que às vezes o Castle salva demais a situação toda, AMO a interação dele com a Beckett. sem contar o tantão de referências nerds e literárias. <3

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro Castle! Comecei a assistir em 2011, por indicação de uma amiga e não parei mais. Devorei uma temporada atrás da outra e agora já estou acompanhando direitinho :)

    É muito boa a evolução dos personagens ao longo das cinco temporadas e, uma das coisas que mais gosto é justamente essa mistura de seriedade com leveza. As referências nerds e literárias são muito boas e os personagens secundários são ótimos complementos para a história! Castle é uma das minhas séries preferidas no momento :)

    Ótima dica!

    Beijos,

    Michas
    http://michasborges.blogspot.com

    ResponderExcluir