10 de março de 2014

[Livro] Métrica – Colleen Hoover


Livro: Métrica
Titulo Original: Slammed
Autor: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Ano: 2013
Avaliação: 3,5/5
Sinopse:O romance de estreia de Colleen Hoover, autora que viria a figurar na lista de best sellers do New York Times, apresenta uma família devastada por uma morte repentina. Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor.

Comentários:  
Após várias leituras densas, complicadas, difícieis ou problemáticas decidi que queria uma leitura leve e descontraída e minha escolha foi Métrica, de Colleen Hoover. 
Como uma leitura de descontração não me arrependi nem um pouco de poder relaxar com Métrica, uma história que ganha o leitor aos poucos e que mostra uma característica diferente como parte do enredo, o slam (que é uma competição de poesias em que o autor declama uma criação própria e é julgados por jurados). 
Como um livro YA Métrica possui várias características desse estilo, um romance, um drama e a evolução e amadurecimento dos personagens e o envolvimento gradual do casal principal. 
Tudo começa quando Lake tem que se mudar junto com a mãe e o irmão mais novo para outra cidade devido a morte de seu pai. Lake ainda está enfrentando o luto, mas tenta superar tudo pelo irmão e pela mãe. Logo no primeiro dia ela conhece Will, um vizinho simpático e por quem Layken logo sente uma atração. Tudo parece muito bem até que algo ocorre em seus destinos que torna o relacionamento dos dois mais complicado e difícil. 
Mesmo regado a dramas tenho que dizer que foi uma leitura tranquila, o ritmo foi rápido, a narrativa é linear e regada a diálogos. A narrativa de Colleen Hoover segue o padrão do estilo, há a tensão entre os dois (que na verdade acho que poderia ser um pouco mais explorada, a interação entre eles é muito mais “platônica” do que física em grande parte do livro), mas podemos conhecer bem as características dos personagens principais. Os personagens secundários tem um pequeno espaço, mas o que realmente se destacaram foram os irmãos mais novos de Lake e Will e a amiga de Lake faz na nova escola, eles possuem personalidades marcantes e diferentes do padrão. 
Uma leitura suave, com poucos grandes momentos, mas que me relaxou e me deixou pronta para os próximos livros. Uma leitura descontraída e despretensiosa. 

0 comentários:

Postar um comentário