17 de abril de 2014

[Filme] Capitão América – O Primeiro Vingador



Título original: Captain America: The First Avenger
Duração: 124 min.
Direção: Joe Johnston
Roteiro: Christopher Markus e Stephen McFeely
Distribuidora: Paramount Pictures
Ano: 2011
Avaliação: 4/5
Sinopse:2ª Guerra Mundial. Steve Rogers (Chris Evans) é um jovem que aceitou ser voluntário em uma série de experiências que visam criar o supersoldado americano. Os militares conseguem transformá-lo em uma arma humana, mas logo percebem que o supersoldado é valioso demais para pôr em risco na luta contra os nazistas. Desta forma, Rogers é usado como uma celebridade do exército, marcando presença em paradas realizadas pela Europa no intuito de levantar a estima dos combatentes. Para tanto passa a usar uma vestimenta com as cores da bandeira dos Estados Unidos, azul, branca e vermelha. Só que um plano nazista faz com que Rogers entre em ação e assuma a alcunha de Capitão América, usando seus dons para combatê-los em plenas trincheiras da guerra. (Fonte: AdoroCinema)

Comentários: 
Não vi esse filme antes por vários motivos (nenhum realmente lógico) não fui ao lançamento e o tempo acabou passando, ai fui adiando por relapso, assisti todos do Homem de Ferro, Thor e por fim os Vingadores, depois foi uma mera resistência irracional, já tinha seguido em frente e não senti falta, então não fiz questão, agora, com o lançamento de Capitão América e o Soldado Invernal decidi parar de besteira e ver o primeiro filme dessa série. 

Neste filme veremos a origem do capitão que se deu na época da Segunda Guerra e na luta contra o nazismo. Gostei da representação da juventude  Steve Rogers, o garoto franzino mas que quer servir a pátria e fazer a sua parte, O Capitão América é um dos heróis que conheço que mais preza a sua “moral”, pelo que é certo e o amor ao seu país e o filme mostrou todos esses elementos muito bem. 

Após ser escolhido por um cientista para fazer parte do projeto do super-soldado Rogers sofre uma enorme transformação física se tornando o que podemos ver nos filmes posteriores, mas por ser o único espécie bem-sucedido do experimento é impedido de ir para guerra se tornando uma jogada de marketing. O filme não teve pressa para mostrar essa parte o que foi bem legal para mostrar as reviravoltas da história até por fim ele realmente se tornar O Capitão América, um herói e um símbolo para o exército. 

Gostei bastante do filme, a produção e toda a trajetória de Steve Rogers foi muito bem mostrada e exatamente por isso as cenas de ação em si não são muitas (como estamos acostumados com os outros filmes Marvel), mas isso não desmerece em nada esse filme. E agora que venha Capitão América e O Soldado Invernal. 

2 comentários:

  1. Oi, eu não gostei muito deste filme não. Agora meus filhos querem ver este segundo, vou levá-los, mas confesso que estou com um pezinho atrás.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  2. Aeeeeee Rogers na veia amanhã!!!!! Ai ai.... Adoro Capitão América. A Marvel está cada vez melhor nas produções =D

    ResponderExcluir