17 de setembro de 2014

[Evento] Encontro com Pedro Bandeira


Sabe aquele livro que marcou sua infância/adolescência, aquele que você guarda com carinho e tem boas memórias, agora imagina poder encontrar o autor dessa obra que tem tamanha importância para você, foi isso que aconteceu comigo ao poder encontrar o autor Pedro Bandeira. 
Na última segunda-feira (15) a Livraria Cultura realizou um evento que consistiu em palestra e autógrafos com o autor Pedro Bandeira para o lançamento do último livro da série Os Karas, A Droga da Amizade. Logo na entrada já foi possível entrar no clima, pois a organização carimbou a mão dos participantes com a característica letra K dos Karas. 

No início da apresentação foi relatada toda a história do autor Pedro Bandeira, suas publicações, a trajetória de suas obras e a nova edição de seus livros lançada recentemente, e também pude descobrir que não estava apenas sendo comemorado o lançamento do último livro como também 30 anos de história do primeiro livro da série, A Droga da Obediência (que por sinal foi o que eu levei para autografar \o/).

Depois da apresentação foi a vez do autor conversar um pouco com o público, e ter a oportunidade de presenciar esse bate-papo com Pedro Bandeira só fez com que eu o admirasse ainda mais. Ele contou sobre o último livro, sobre o envelhecimento dos personagens e o rumo que ele deu para cada um (estou louca para saber tudo rs), depois ele comentou sobre a trajetória da sua obra e como seu primeiro livro já estava completando 30 anos é possível para ele ver o crescimento e amadurecimento de seus leitores, mas também as crianças que seus livros continuam encantando e isso foi bem visível só pela plateia do evento, a idade das pessoas presentes era bem diversa, tendo desde pessoas que cresceram com Pedro Bandeira (eu \o/) até seus novos leitores. 

Ele manteve a conversa bem informal e bem próxima do público com isso gerando vários momentos engraçados durante a palestra, mas algumas observações me marcaram, como quando ele comentou que em suas obras ele sempre busca dialogar e discutir com o jovem, trazendo questões que possam ser pensadas, mas que não soem como uma aula ou um sermão. Outro ponto bem legal é que na verdade para ele todos os integrantes dos Karas são na verdade a sua representação para o jovem. 

Depois foi aberto um espaço para perguntas dos fãs e o evento se encerrou com uma sessão de autógrafos. Posso dizer que simplesmente amei esse evento, foi um sonho poder estar perto e prestigiar um autor que me marcou, não foi com seus livros que comecei a ler, mas com certeza eles fizeram parte da minha juventude e depois desse evento estou morrendo de vontade de reler todas as suas obras. 

1 comentários: