18 de setembro de 2014

[Livro] Seis Anos Depois – Harlan Coben



Livro: Seis Anos Depois
Titulo Original: Six Years
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro
Ano: 2014
Avaliação: 4/5
Sinopse:Jake Fisher e Natalie Avery se conheceram no verão. Eles estavam em retiros diferentes, porém próximos um do outro. O dele era para escritores; o dela, para artistas. Eles se apaixonaram e, juntos, viveram os melhores meses de suas vidas. E foi por isso que Jake não entendeu quando Natalie decidiu romper com ele e se casar com Todd, um ex-namorado. No dia do casamento, ela pediu a Jake que os deixasse em paz e nunca mais voltasse a procurá-la.
Jake tentou esconder seu coração partido dedicando-se integralmente à carreira de professor universitário e assim manteve sua promessa... durante seis anos.
Ao ver o obituário de Todd, Jake não resiste e resolve se reaproximar de Natalie. No enterro, em vez de sua amada, encontra uma viúva diferente e logo descobre que o casamento de Natalie e Todd não passou de uma farsa.
Agora ele está decidido a ir atrás dela, esteja onde estiver, mas não imagina os perigos que envolvem procurar uma pessoa que não quer ser encontrada.
Em Seis Anos Depois Harlan Coben usa todo o seu talento para criar uma trama sensacional sobre um amor perdido e os segredos que ele esconde.

Comentários:
Já li alguns livros do Harlan Coben e as características dele que mais me chamam a atenção é o bom uso do humor e as reviravoltas durante toda a trajetória,com isso posso dizer que Seis Anos Depois é um ótimo representante das marcas de seu autor. 
Neste livro Harlan Coben apresenta uma trama bem envolvente, mas assumo que quando comecei a ler fui surpreendida, pois pensava que o mistério não se sustentaria na história toda já que o caso é focado em apenas uma pessoa, porém estava felizmente errada e na verdade há toda uma trama e ligações inesperadas segurando o leitor e deixando as soluções um mistério. 
O suspense inicial por si já é bem intrigante, Jake Fisher é um professor universitário que há seis anos se apaixonou por Natalie perdidamente, o romance durou poucos meses e terminou quando Natalie casou com outro e fez Jake prometer nunca mais procurá-la, ele cumpriu sua promessa por seis anos, até o dia em que viu em um obituário o nome do marido de Natalie e decidiu, nem que por breves momentos, vê-la no funeral, mas ao chegar lá descobriu que na verdade a mulher do falecido não era seu antigo amor e com isso a trama se desenvolve em vários mistérios, becos que parecem não ter solução e uma busca por Natalie. 
Tenho que dizer que a trama já me deixou curiosa só pelo início, não é um livro policial que começa com um crime a ser resolvido, mas sim com um mistério mais elaborado e mais complicado pois logo no começo todas as teorias sobre Natalie são postas em dúvida, enquanto várias questões são levantadas. Harlan consegue desenvolver bem o mistério e manter o clima do livro, há muitas viradas e revelações, algumas informações que parecem aleatórias vão tomando corpo e função e ele consegue amarrar todas as pontas da história. E posso dizer que as revelações finais me surpreenderam, eu consegui descobrir uma pequena parte, mas não pude imaginar todo o resto. 
Os personagens me agradaram muito por ser um livro diferente, neste suspense não é um investigador ou um policial ou um detetive ou qualquer coisa relacionada à essas profissões quem conduz as investigações, mas sim um professor universitário que está atrás da mulher por quem se apaixonou e isso dá um toque bem diferente dos livros policiais que estou acostumada, não há grandes façanhas, sacadas inimagináveis e cenas de ação inspiradas em Missão Impossível, na verdade tudo é bem amador, nem poderia chamar a busca de Jake de investigação, na verdade é uma grande e bem direcionada bisbilhotice e esse é um grande diferencial. Além da falta de profissionalismo Jake também é dotado de um humor que traz boas tiradas como um alívio dos momentos tensos, ele se ironiza e faz piadas da situação dando um bom alívio cômico ao livro. Natalie se torna quase uma entidade durante a história, o que sabemos dela é apenas baseado na visão apaixonada de Jake e nas pistas que ele descobre com o tempo, não sendo possível se aprofundar mais no personagem, o que não é exatamente um problema já que tudo está pautado em Jake. Outro personagem que têm um bom destaque e uma construção diferenciada na história é Benedict, melhor amigo de Jake, também responsável por uma parte do humor e por um dos momentos mais surpreendentes do livro. 
Tenho que dizer que esse foi um dos melhores livros de Coben que li, mas um aspecto me incomodou durante a leitura, a motivação inabalável de Jake, ok, talvez eu não seja a última das românticas, porém pensar que tudo isso foi guiado por um amor arrebatador e breve que ficou guardado por seis anos me soou um pouco inverossímil no início da história, mas conforme a trama se desenvolve conhecemos outros fatores e complexidades que essa resalva acaba ficando em segundo plano.  

Ps: Esse foi um dos livros que levei para o autor autografar durante a bienal \o/ 

1 comentários:

  1. Oi Dani, adoro este autor,mas não fui no dia que ele estava na Bienal.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir