6 de fevereiro de 2015

[Maratona Oscar 2015] Sniper Americano


Sinopse: Adaptado do livro American Sniper: The Autobiography of the Most Lethal Sniper in U.S. Militar History, este filme conta a história real de Chris Kyle (Bradley Cooper), um atirador de elite das forças especiais da marinha americana. Durante cerca de dez anos, ele matou mais de 150 pessoas, tendo recebido diversas condecorações por sua atuação. (Fonte: AdoroCinema)

Comentários:
E para dar continuidade a Maratona Oscar assisti ao filme Sniper Americano, e tenho que confessar que já tinha uma tendência a não gostar muito do filme, não por ele em si, mas pela mensagem que sempre está implícita nos filmes que tratam da guerra dos Estados Unidos com o Iraque.


Baseado na história real do tirador de elite norte-americano Chris Kyle, que teve mais de 150 mortes atribuídas a ele durante a guerra e recebendo várias condecorações por isso. O filme vai mostrar um pouco, bem pouco, sobre sua infância, como ele decidiu ir para as forças armadas e seu treinamento. O grande foco é em suas missões no Iraque e com sua família, o como ele se tornou a lenda.


O filme vai trazer o contraste do caos da guerra a cada viagem que Chris faz e ele tentando se adaptar a vida de civil no momento em que volta para casa.  Como nos filmes de confronto algumas tomadas me incomodam por serem corridas, escuras e serem difícil distinguir quem está atirando em quem, mas sei que é uma característica desse tipo de filmagem então não posso nem reclamar muito.


As cenas gravadas durante a guerra são bem trabalhadas, podemos além de ver sentir toda a tensão, o quanto é possível perder a humanidade nesses momentos, o quanto o conflito pode alterar alguém, toda a selvageria, brutalidade, inconformidade, enfim tudo o que permeia esses momentos.
Bom, agora vou falar sobre o meu real incomodo com esse filme, sei que é uma biografia, mas sempre tenho a impressão que quando o assunto é EUA X Iraque há apenas um lado se pronunciando, apenas um vilão e um mocinho, e considerando que tem dois lados atirando não consigo considerar tudo tão preto no branco. Chris Kyle tem seus atos baseado em seu patriotismo, como se isso também justificasse tudo.


Se não fosse por essa mensagem eu teria gostado bem mais, ele explorou bem a difícil transição de um soldado para um civil, o quanto a guerra traumatiza e muda as pessoas e o quanto é difícil pra família.






Título original: American Sniper
Duração: 132 min.
Direção: Clint Eastwood
Roteiro: Jason Dean Hall
Elenco: Bradley Cooper, Sienna Miller, Kyle Gallner, Jake McDorman, Luke Grimes, Brian Hallisay, Sam Jaeger, Owain Yeoman
Distribuidora: Warner Bros
Ano: 2014
Avaliação: 3/5

1 comentários:

  1. 2014 foi um ano de excelentes filmes, e não se pode negar que o arquivo Francotiorador, deve estar na lista de las melhores. I dsifruté muito deste filme, do começo ao filme Francotirador , dos poucos filmes de guerra que não só têm a vida ou a morte dos personagens, mas a luta para voltar para casa com segurança.

    ResponderExcluir