1 de dezembro de 2015

Vamos conversar?


Uma das perguntas mais temidas, afinal ninguém quer ouvir isso do seu(ua) chefe ou de um relacionamento qualquer, mas aqui estou eu, figurativamente sentada à frente de vocês soltando essa máxima e afirmando que precisamos conversar... 

Mas calma, o que quero tentar fazer é acertar alguns ponteiros que ficaram um pouco desregulados. 

Em 2015 blog completou cinco anos de existência e, meu deus, por quantas mudanças ele passou: de perspectiva, de nome, de conteúdo etc. Agora quero tentar mais uma mudança, a de foco, acho que essa, na verdade, é a mudança que mais precisa ser feita para que este meu pequeno espaço entre nos eixos novamente. Eu explico: 

Esse está sendo um ano particularmente complicado para mim, não ruim, de modo nenhum ruim, mas diferente de tudo o que imaginei e com acontecimentos e momentos que exigiram mais de mim do que eu estava preparada para dar, mas agora, em dezembro, perto da  trajetória final, vejo que tudo finalmente passou, porém algumas coisas foram afetadas por essas ondas de mudanças que me arrebataram, e um dos principais atingidos, com certeza, foi esse pequeno pedaço de mim. Apesar de ter uma gama de assunto bem variadas o blog é essencialmente de produção de conteúdo gerado por fatores externos, o que quero dizer é que as postagens dependiam que eu lesse um livro, visse um filme, série etc., e, às vezes, eu estava tão voltada para mim que não tinha motivação nenhuma para escrever de fatores externos tendo na verdade um desejo cada vez maior de colocar em palavras o que se passava na minha cabeça. Por muitas vezes deixei de postar pois sentia que falar dos assuntos programados não era o que motivava, com isso o blog estava me impedindo de ter uma das coisas que mais prezo na minha vida: liberdade, e acabei desmotivada. 

Até que tomei as rédeas que na verdade nunca saíram das minhas mãos: eu pensei “Esse blog é um pedaço de mim, um espelho dos meus pensamentos, ele tem até o meu nome, nada me impede de o tornar mais meu”e com isso decidi algumas mudanças, sim esses conteúdos vão continuar, afinal fazem parte da minha vida, mas agora vou me dar a liberdade de sentar na frente do computador e escrever o que me der vontade, não quero conteúdos estipulados, não quero limites, o que mais quero é que quando sentir que as palavras não cabem mais em mim elas ainda tenham um lugar para se refugiarem. 

E o blog, por mais uma vez, passou uma mudança ao meu lado, no início de suas atividades ele era um blog estritamente literário, depois passou para um espaço de conteúdo cultural e agora será um blog pessoal, com tudo o que gosto e preciso (e isso com certeza ainda vai incluir livros, filmes, séries, teatro, quadrinhos etc), mas também pensamentos, lugares, passeios, enfim, vamos abrir mais portas. 

Agora passando para a parte prática dessa conversa, em dezembro vou tentar umas postagens diferentes para ver como eu me adapto e o blog também e caso tudo dê relativamente certo em 2016 irei concretizar todas essas mudanças. 

E agora serão muitos mais devaneios dessa Vintecinco que vos fala – e de todos que ocasionalmente visitam esse espaço. 

5 comentários:

  1. ai amore, entendo tão bem essa necessidade de cortar amarras e se sentir livre... tanto que tô abandonando montes de coisas que estavam me prendendo e não agregando nada, apenas por me sentir "obrigada". siga o caminho de tijolos amarelos e traga mais devaneios pra gente, que eu amo muito tudo isso! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh Jeh, nem fala, já estou fazendo algumas coisas para me livrar de amarras que eu não mereço, afinal já tem tantas coisas que nos prendem, não podemos nós mesmos sermos responsáveis por mais algumas cordas. E pode deixar que agora os devaneios estão livres uhuu. Bjsss

      Excluir
  2. Oi, Dani!!
    Fico muito feliz que esteja se libertando!!
    Como você disse, o blog é parte de você e nós, suas leitoras, ficaremos felizes em ler o que você tiver para nos mostrar!!
    Tenho certeza que será um sucesso!
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camis, brigada pela força e apoio nessa mudança, o blog é um pedacinho de mim e ver ele mudando comigo me deixa feliz. Beijosss :)

      Excluir
  3. Ei amiga, você está mais do que certa. O blog tem que ter a cara de seu dono e não ser um peso para ele. Vá em frente e seja feliz. Estarei do seu lado torcendo por você!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir