14 de janeiro de 2016

[Filme] Star Wars – O despertar da força


Sinopse: 
Décadas após a queda de Darth Vader e do Império, surge uma nova ameaça: a Primeira Ordem, uma organização sombria que busca minar o poder da República e que tem Kylo Ren (Adam Driver), o General Hux (Domhnall Gleeson) e o Líder Supremo Snoke (Andy Serkis) como principais expoentes. Eles conseguem capturar Poe Dameron (Oscar Isaac), um dos principais pilotos da Resistência, que antes de ser preso envia através do pequeno robô BB-8 o mapa de onde vive o mitológico Luke Skywalker (Mark Hamill). Ao fugir pelo deserto, BB-8 encontra a jovem Rey (Daisy Ridley), que vive sozinha catando destroços de naves antigas. Paralelamente, Poe recebe a ajuda de Finn (John Boyega), um stormtrooper que decide abandonar o posto repentinamente. Juntos, eles escapam do domínio da Primeira Ordem. (Fonte: Adorocinema)

Comentários:
Trabalhar com um clássico com uma grande legião de fãs é sempre uma situação complicada e delicada, afinal a história base já está canonizada na cabeça daqueles que já a conhecem, e como sabemos, é impossível agradar a todos, a questão é: se é possível agradar a maioria? 

Claro que também há o outro ponto, que é renovar e reavivar esse clássico, há sempre aqueles que podem não ter assistido antes e vão conhecer a história por causa da refilmagem (esse é o meu caso) como os próprios fãs que vêm uma grande chance para poderem reviver tudo o que já sentiram pela série. E não vamos esquecer do lado comercial, que pode vender uma enormidade de produtos e aproveitar da onda gigantesca que irá tomar as pessoas que vão querer consumir os produtos que antes não tinham em tanta variedade no mercado. 

É com esse cenário que Star Wars VII – O despertar da força chegou aos cinemas no final do ano de 2015, cheio de expectativas e medo, e foi também assim que até onde vi o filme agradou uma boa parte dos fãs, e me agradou muito também. 

O filme mantém toda a ambientação e clima das trilogias anteriores, após a queda do império Luke sumiu e agora com a ascensão da Primeira Ordem a resistência está à procura de Luke. Essa busca irá unir os destinos de Finn, um trooper que se rebelou, Rey, uma catadora de lixo e BB8, um droide em uma missão para ajudar a resistência. 


O filme todo trabalha como uma homenagem a sua história base, há alteração de personagens e enredos, mas basicamente as tramas e desenrolares são os mesmo trabalhados na trilogia mais antiga, até algumas cenas são bem parecidas. Ver Han Solo e Leia mais uma vez é extremamente emocionante, sem contar o pulo na cadeira de empolgação ao ver outros personagens dos filmes anteriores.

Os personagens são boas promessas, talvez por já ser programado como uma trilogia os personagens agora são apresentados, mas muitas partes de suas histórias e da formação de seu caráter e evolução foram guardados para os próximos filmes. Minha única observação é que eu queria um pouco mais do vilão, apesar de ele estar presente em uma das cenas mais emocionantes do filme eu queria um pouco mais do desenvolvimento dele, mas, como disse anteriormente, ainda tem bastante espaço para ele se desenvolver. E claro que não poderia deixar de falar de Rey, afinal ela partiu de uma personagem coadjuvante a elemento principal, uma mulher forte e que será uma grande promessa para a história. 


Essa resenha não é regada a admiração e saudosismo pois na verdade acabei de ver as duas trilogias passadas, mas claro que não vou deixar de considerar toda a importância e valor que essa série tem para a história dos filmes, e O despertar da força foi uma boa homenagem e retomada dessa saga que conquistou e conquista pessoas até hoje. 


Trilogias Star Wars: 
Episódio IV – Uma nova esperança
Episódio V – O império contra-ataca
Episódio VI – O retorno de jedi

Episódio I – A ameaça fantasma
Episódio II – Ataque dos clones
Episódio III – A vingança dos sith

Episódio VII – O despertar da força



Título original: The Star Wars: Episode VII - The Force Awakens
Duração: 135 min.
Direção: J.J. Abrams
Roteiro: Lawrence Kasdan, J.J. Abrams e Michael Arndt
Elenco: Daisy Ridley, John Boyega, Oscar Isaac etc. 
Distribuidora: Disney/Buena Vista
Ano: 2015
Avaliação: 4/5








4 comentários:

  1. Oi Dani, também fiquei satisfeita com o filme de uma forma geral, ainda mais por não ser uma fanática pela saga, que aliás, conheci este mês.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ro, também sou da turma que acabou de assistir aos clássicos, mas afinal nunca é tarde rs. Bjsss

      Excluir
  2. Oi, Dani.
    Eu adoro Star Wars, mas não sou daquelas fãs que sabe todas as falas!! rs...
    Aproveitei o embalo e revi os seis filmes anteriores antes de ir ao cinema, o que foi bom para relembrar muitos detalhes!
    Gostei bastante desse novo filme e acho que foi uma boa maneira de renovar a saga!!
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camis, eu estou no time que viu os filmes antigos só agora mas já gostei muito, e até para mim que sou fã recente esse filme foi bem emocionante e muito bom. Bjss

      Excluir